Linha do Tempo

Voltar para home

Desde que foi lançada, Delícia não para de criar novidades. Durante pouco mais de meio século, essa margarina levou muito mais que sabor à mesa do brasileiro. A marca mudou o mercado de margarinas, inovando nas embalagens e na variedade de produtos. Na linha do tempo abaixo você vai saber por que Delícia é a margarina que está nas melhores receitas do Brasil.

  • Imagem do Ano 1959 Acervo Centro de Memória Bunge.

    1959

    A Margarina Delícia foi lançada pela SANBRA – Sociedade Algodoeira do Nordeste Brasileiro e já chegou no mercado inovando: sua distribuição era feita por veículos com blocos de gelo seco e isolamento térmico, o que marcou a sua preocupação com a qualidade desde o início.

  • Imagem do Ano 1964 Acervo Centro de Memória Bunge.

    1964

    Lançamento da linha de embalagens plásticas reaproveitáveis, com potes coloridos que podiam ser colecionados e usados para guardar outros produtos.

  • Imagem do Ano 1972 Acervo Centro de Memória Bunge.

    1972

    Delícia introduziu no mercado brasileiro um conceito inovador na fabricação de produtos alimentícios, com uma nova embalagem que passou a ser produzida pelo processo de termoformagem. Sem contato manual e em um ambiente asséptico, o produto era embalado em potes com características exclusivas, como inviolabilidade, tampa facilmente removível e facilidade de manuseio, o que agradou muito aos consumidores, pois já nos primeiros dias superou a venda das outras marcas.

  • Imagem do Ano 1973 Acervo Centro de Memória Bunge.

    1973

    Nova mudança na embalagem, ganhando novo design e grafia estilizada do nome.

  • Imagem do Ano 1984 Acervo Centro de Memória Bunge.

    1984

    Depois de muita pesquisa em várias regiões do Brasil e uma grande campanha publicitária, Delícia foi relançada em nível nacional, ainda mais gostosa e em nova embalagem.

  • Imagem do Ano 1993 Acervo Centro de Memória Bunge.

    1993

    Após vários estudos e pesquisas, a margarina Delicia Diet foi relançada, em 1993, com nova formulação, campanha e embalagem. Era a nova Delicia Light.

  • Imagem do Ano 1995 Acervo Centro de Memória Bunge.

    1995

    Lançamento de Delícia Forno & Fogão, destinada ao uso culinário.

  • Imagem do Ano 1996 Acervo Centro de Memória Bunge.

    1996

    Lançamento de Delícia Manty com o sabor e o frescor da manteiga mais a cremosidade e a praticidade da margarina.

  • Imagem do Ano 1999 Acervo Centro de Memória Bunge.

    1999

    No mesmo ano, a Santista Alimentos ampliou a marca Delicia com o lançamento de uma nova categoria de produtos: requeijão tipos convencional e light.

  • Imagem do Ano 2003 Acervo Centro de Memória Bunge.

    2003

    Lançamento da Nova Delicia Cremosa, Delicia Light e as novidades na linha Delicia Sabores: as versões Alho e Oliva. O novo visual apresentava novas tampas, muito mais modernas e impactantes. A cor na aba ajudava a identificação na gôndola e ainda facilitava a escolha do sabor.

  • Imagem do Ano 2004 Acervo Centro de Memória Bunge.

    2004

    A linha Delicia Sabores ganhou duas novas versões: Cebola Tostada e Ervas Finas.
    Lançamento da maionese Delicia em potes de 250g., 500g. e bisnaga.

  • Imagem do Ano 2005 Acervo Centro de Memória Bunge.

    2005

    Além de ampliar sua linha com os novos sabores de Maçã e Canela, Provolone, Mila e a margarina culinária sabor Oliva, Delícia renovou a sua aparência com um visual mais moderno.

  • Imagem do Ano 2006 Acervo Centro de Memória Bunge.

    2006

    São lançados os novos sabores Delícia Peito de Peru, Delícia Brigadeiro e a Delícia Manteiga, com 50% de manteiga e 50% de margarina em sua fórmula, mais uma ousadia da Delícia no mercado brasileiro.
    A Bunge ainda buscou na Espanha a qualidade de um produto superior à base de oliva. O resultado desta busca cuidadosa foi o azeite Delicia, lançado no mercado de São Paulo em fevereiro deste ano. A campanha seguiu o conceito: “Espanhol por origem. No Brasil por Delicia.”

  • Imagem do Ano 2007 Acervo Centro de Memória Bunge.

    2007

    A Margarina de Tomate com Manjericão entrou para a família da linha Delícia Sabores e todos os produtos para o consumidor tiveram suas embalagens redesenhadas. Esta mudança veio para que o consumidor identificasse cada sabor a um momento do dia: Delicia Peito de Peru sugerindo um lanche; Delicia Chocolate ao Leite remetendo à hora do recreio; Delicia Alho indo bem como acompanhamento de um aperitivo; e Delicia Tomate com Manjericão presente no momento agradável do happy hour. Além disso, a fórmula de Delicia Brigadeiro foi modificada e o produto passou a se chamar Delicia Chocolate ao Leite.

  • Imagem do Ano 2008 Acervo Centro de Memória Bunge.

    2008

    Com o crescente interesse dos consumidores por uma margarina mais premium, feita com mais cuidado, a área de Pesquisa & Desenvolvimento da Bunge foi desafiada a produzir a “melhor margarina do mundo”, que resultou no lançamento da Delícia Supreme.

  • Imagem do Ano 2010 Acervo Centro de Memória Bunge.

    2010

    A Bunge lançou durante a APAS - Congresso de Gestão e Feira Internacional de Negócios em Supermercados, que ocorreu entre os dias 10 e 13 de maio, a nova campanha externa da margarina Delicia Supreme. Estrelada pelos galãs Reinaldo Gianecchini, Marcio Garcia e Vladimir Brichta, o destaque foi voltado para a mulher decidida, independente e moderna.

  • Imagem do Ano 2011 Acervo Centro de Memória Bunge.

    2011

    Prêmio Brasileiro de Embalagem Embanews pelo lançamento de uma embalagem promocional que conseguiu diferenciar a marca Delicia Supreme no ponto de venda, a Bunge ganhou o Troféu Roberto Hiraishi 2010, no 20º Prêmio Brasileiro de Embalagem Embanews.

  • Imagem do Ano 2012 Acervo Centro de Memória Bunge.

    2012

    Além da Delícia Light e Mila passarem a ter lacre protetor, a já tão querida Delícia Cremosa foi relançada com ainda mais sabor e cremosidade. Mas as novidades não param por aí, a linha Delícia também ganhou um design mais moderno e bonito e ficou mais saudável com a inclusão de vitaminas A, D e E nas versões Cremosa e Light.